Editais

Esta página é um repositório de editais para contratação de desenvolvimento de software, pela Administração Pública, que retratam o uso de metodologia ágil. Todos os link fornecidos aqui são do comprasnet ou de outros sites que já publicitaram o edital.

ÓRGÃO PREGÃO EDITAL FONTE
IPHAN Pregão 12/2011 Download Fatto
STF Pregão 84/2012 Download STF
TST Pregão 146/2012 Download TST
MRE Pregão DCD 02/2015 edital-dcd-2_2015 Comprasnet
TCU Edital TCU PE73/2016 Edital de Equipe Técnica Comprasnet

Conhece algum outro edital?
Entre em contato e colabore ou deixe um comentário nos informando qual órgão trabalha com metodologia ágil em suas terceirizações.
Agradecemos a cooperação!!!

13 thoughts on “Editais

  1. Herbert, tudo bem? Me lembro de ouvir falar de um fator ágil para reduzir custos em mudanças de código já existente, saberia me dizer quem já aplicou isso? Abs e mto obrigado!

    1. Olá Henrique, que criou esse termo tenho quase certeza que foi o SERPRO. Logo, provavelmente os órgãos que trabalham com o SERPRO (Receita, Fazenda, Tesouro, etc) é que deve ter usado. A ideia não é reduzir os custo em mudanças de código, e sim já prevê-las em cada OS. Se não me engano era algo em torno de 30%. Tudo sem seus prós e contras e acredito que a melhor opinião é a de quem usa. Eu nunca usei.

  2. Como é faz a estimativa para desenvolvimento de software?, Qual cálculo que faço para chegar em um valor estimado?

  3. Rodrigo Vieira, gostaria de saber se, para receber da contratada os sprints e, depois os releases, tem há processo interno que defina as atividades de teste e validação e, principalmente, a entrada em operação.

    1. Ahnis, o contrato do TST estabelece um prazo de 5 dias para a testes, validações e homologação depois da demonstração da sprint. A equipe da TI e o demandante do sistema tem que terminar as atividades neste prazo. Depois disso, as histórias aprovadas vão para pagamento. O que não foi aprovado irá virar novas histórias nas iterações futuras. A entrada em operação está fora no contrato e, no nosso caso, fica sob responsabilidade da TI.

      1. Rodrigo, o contrato do TST disponível nessa página ainda é o de 2012.
        Dá pra disponibilizar aqui no site o de 2015?

    1. Leandro, o TST está trabalhando dessa forma. O contrato é organizado em sprints e a contratada vai ao Tribunal a cada duas semanas para fazer a demonstração, retrospectiva e planejamento da próxima sprint. Além disso, antes da sprint, há um período de refinamento das histórias, onde pelo menos um analista da contratada fica no Tribunal. Este período tem durado até 5 dias e é concorrente com uma sprint. Ou seja, não há intervalos entre as sprints. Este edital do TST foi de 2014. Hoje estamos refinando ele para uma nova contratação ainda este ano.

  4. Vocês poderiam disponibilizar os artefatos gerados no planejamento de alguma dessas contratação de fabrica de software? (conforme preceitos da IN-04)

    Parabéns pelo Blog, assunto que demanda bastante atenção na Administração Publica.
    Abçs,
    Geraldo Durães

    1. Boa ideia Geraldo, mas os artefatos todos costumam ser bem pesados. Nos próximos, vou tentar conseguir os artefatos com o órgão detentor do TR, mas ficará a cargo deles liberarem ou não.
      Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *